Já tentou de tudo para conseguir algo e não consegue?

… Você pode estar se boicotando.

Um dia desses, uma colega que está com sobrepeso estava mostrando umas fotos antigas, quando era magra, com saudades daquele tempo que já se foi. Contudo, dizendo coisas como “olha que cara de doente de tão magra”, “as pessoas riam de mim porque eu era muito magra”, “olha que corpo sem forma e sem graça”, “sou muito mais eu agora”.

Eu sei que ela briga com a balança há alguns anos, inclusive por motivos de saúde e bem estar, e ouvi-la falando dessa forma me fez perceber que sua fala não estava centrada na melhora de sua situação atual, mas desprezando tudo o que se relacionava ao corpo magro que ela já teve.

Esse ideal negativo relacionado ao corpo magro pode ser aquele fator que volta e meia compromete os esforços em buscar o emagrecimento. Afinal de contas, com tantos conceitos negativos ao corpo magro, quem vai se esforçar para alcançar algo que não será bom? Então essa pessoa iniciava dieta, iniciava atividade física, mas sua motivação acabava rapidamente. Afinal, a motivação estava em uma orientação médica de reduzir taxas que não estavam boas nos exames, e esses conceitos negativos atuavam mais fortemente do que a recomendação médica. Ela acabava se frustrando por se sentir incapaz de emagrecer o necessário.

Esse “boicote” a si próprio não é de forma nenhuma intencional, e geralmente é muito sutil. Costumo notar esse “boicote” em diversas situações em que a pessoa já tentou de tudo para conseguir algo, mas não consegue.

Tenho uma grande amiga da época de faculdade que, para desenvolver seu conhecimento em inglês, iniciou vários cursos em diversas metodologias, chegando inclusive a realizar um intercâmbio. Os discursos de “sabotagem” ao seu próprio desejo de aprender o novo idioma iam desde a não adaptação aos métodos de ensino, materiais didáticos fora da realidade do aluno, professores muito alternativos, frio demais no país onde foi fazer intercâmbio, a arrogância das pessoas do país, etc. Da mesma forma como citei no que se refere ao emagrecimento, essa colega que queria aprender inglês também associava mil coisas negativas que comprometiam seu aprendizado, desmotivavam, e culminavam na desistência do curso e falta de dedicação. E daí a frustração, pois ela se sentia pouco capaz por não aprender mesmo com inúmeros investimentos.

Isso não é raro acontecer. Já passou por isso ou conheceu alguém em situação semelhante? De fazer todo o tipo de tentativa para conseguir algo, e acabar se frustrando por não conseguir, sem conseguir identificar os motivos do fracasso.

Quando temos um desejo e o transformamos em meta, e extremamente importante reconhecermos nossas fraquezas, e assim não esbarrarmos em nossas próprias limitações.

Procure um profissional que te apoie no alcance de suas metas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s